O EM SI DO HOMEM
Antonio Meneghetti
Idiomas: português, italiano, russo
Edição: 5a
Páginas: 278
Tamanho: 15x21cm
Peso: 375
ISBN: 85-88381-15-X


Para aqueles que compreenderam a crítica husserliana, este livro abre o nexo ontológico.

Sob os limiares fenomenológicos do Eu e do superego, expõe-se a positividade solar do Em Si do homem: o projeto de natureza constituinte da individuação humana. Somente o contato com ele certifica as funções do real e relativos valores. O Em Si fornece o código de interpretação para toda e qualquer fenomenologia e consente o reencontro do significante no significado.

O íntimo do homem é o oposto centralizado do infinito exposto. Por isso, quando e onde o homem atua o próprio a priori, reconhece o discurso existencial como fenomenologia própria. Em tal caso, o indivíduo reúne o real único como introverso e extroverso.

Se a psicologia é a ciência da alma, é inevitavelmente ciência numênica, isto é, Ontopsicologia: ciência do Em si do homem.

Mesmo o átomo que não vemos, mas sabemos, na própria essência energética, constitui toda a lei do universo. O homem, desconhecido inclusive a si mesmo, agrega também a contradição contra a própria identidade de natureza.

Este livro serve para nos tornarmos responsáveis diante da individual oportunidade de existir e realizarmos o individual significado de ser no Ser.